terça-feira, 4 de setembro de 2012

The end of "Sister Season"

De um modo geral todos falam do fim ou início das férias e do final do verão, que aos poucos vem roubando uns minutos de luz a cada dia.
Julho e agosto foram 2 meses que passaram tão depressa como se fossem 2 semanas. Eu gostava de ter aproveitado muito mais, todos os anos sinto isso, acabando sempre por reconhecer que mais, seria impossível.
O que setembro trouxe foi o fim do convívio com a minha irmã, cunhado e sobrinhos e a incógnita de quando voltaremos a estar juntos. Quem nos conhece bem sabe o que isso significa, um nó na garganta e uma saudade imensa.
Não somos apenas irmãs, somos amigas, somos diferentes e ao mesmo tempo muito parecidas, mas no fundo é como se fossemos apenas uma pessoa e isto diz tudo. Fazes-me falta...
A "Sister Season" acabou, mas pelo menos e para já o calor continua, continuam por isso também os petiscos na rua, aos quais não têm  faltado chocos e peixe grelhado, saladas e cervejas bem geladinhas que sabem melhor que champanhe.
Num final de tarde quente, enquanto regava as minhas ervas de cheiro, pensei como seria bom vaguear de biquini pelo jardim, o ano inteiro, isso sim era vida para mim!
Entretanto o meu marido fez o favor de me trazer de volta à realidade perguntando-me o que iria ser o jantar.
Já que falamos de aproveitar a vida e cada momento de felicidade que podemos viver, porque não aproveitar inteligentemente as sobras de comida? Foi assim que saíram uns folhados de carne e uma salada fresca. 
Folhado de carne com salada de rúcula, agrião, maçã e tomate cereja

Um pote receheado com praias do mundo e a cumplicidade de duas irmãs

Ingredientes:
1 placa de massa folhada rectangular (LIDL)
Sobras de carne (usei porco e vaca) cerca de 300gr
1/2 linguíça
1 cebola pequena
1 cenoura pequena
1 alho
2 colheres de sopa de tomate triturado ou polpa
2 pés de salsa
queijo emental ralado qb
pimenta qb
azeite qb
vinho branco qb

Preparação:
Refogar ligeiramente a cebola com o alho e cenoura, adicionar as carnes picadas, o tomate e o vinho deixar cozinhar em lume brando cerca de 5 minutos. Rectificar os temperos juntar a salsa picada e envolver bem.
Retirar do lume deixar arrefecer.
Estender a placa da massa e dividir consoante o número de folhados que desejar fazer, neste caso fiz apenas 2, ou seja dividi a placa a meio.
Colocar o recheio e uma boa camada de queijo, fechar calcando as pontas com a ajuda de uma garfo, fazer uns cortes superficiais na parte de cima para a massa respirar e pincelar com gema de ovo.
Levar ao forno pré-aquecido a 170ºC cerca de 10/12minutos até corar a gosto.
Servi acompanhado com uma salada de rúcula, agrião tomate cereja e maçã, temperada com pimenta 5 bagas, vinagre balsâmico e azeite.
Bom apetite!




9 comentários:

  1. Gostei da tua sugestão, uma refeição bem apropriada para esta altura do ano!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Luísa! É o que apetece com este tempo e assim não estamos horas na cozinha.
      Bjs

      Eliminar
  2. UMA SUGESTÃO BEM APTEITOSA, PERFEITA PARA ESTES DIAS QUENTES.
    GOSTO MUITO DE USAR ESSA MASSA DO LIDL É MUITO PRATICA.
    BJS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, a massa do Lidl é boa e barata. Aém disso para folhados dá jeito por ser rectangular.
      Bjs

      Eliminar
  3. Là tu me fizes-te outra vez chorar!
    Também tu me fazes muita falta, mas é por talvez estarmos separadas a maior parte do tempo que nos apreciamos cada vez mais.
    Amo-te mana beijos.

    ResponderEliminar
  4. Gostei de ler o texto, foi escrito com grande emoção e expressaste muito bem os teus sentimentos, amor de irmã é sempre amor de irmã...
    Este folhado ficou uma delicia, gostei imenso da receita!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Sandra. É verdade, este texto é muito sentido porque a minha irmã é também um pouco de mãe para mim.
      Bjs

      Eliminar
  5. Este texto é um deleite e como é lindo poder assim amar e recordar...
    Ter irmãos é um privilégio mas saber sentir e ser-se retribuído dessa forma é uma dádiva!
    Estes folhados são sempre boas alternativas, mais ou menos compostos, e ficam uma delicia.
    Beijinhos




    ResponderEliminar
  6. Que óptima sugestão.
    Beijinhos
    Belinha
    Mundo das Receitas
    http://mundodasreceitas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Obrigada pela vossa visita!